Humm! Vai ser tão Bom!

Depois de alguns anos de casado, estávamos na cama quando ela sentiu que a começava a acariciar como não fazia há muito tempo...
Comecei no pescoço, desci pelo dorso até às nádegas; voltei ao pescoço, aos ombros, aos seios e parei na barriga; coloquei a mão na parte interna do braço esquerdo, passei no seio, na nádega, na perna esquerda até ao pé, subi na parte interna da coxa e parei em cima da perna.
Fiz a mesma coisa na parte direita e, de repente, virei-me de costas e não disse uma única palavra.
Ela disse-me carinhosamente:
- Querido, estava tão bom, porque é que paraste?
- Já encontrei o comando...

Atenção?


Ontem foi um dia terrível… Fiquei a saber que sou possuidor de…
D.A.D.I. - Deficiência de Atenção Devido à Idade.
Como se manifesta:
Decidi de lavar o meu carro.
Vou à garagem e vejo que há correio sobre a mesa de entrada.
Decidi ver o correio antes de lavar o carro.
Ponho as chaves do carro sobre a mesa e no saco dos papéis por baixo da mesa, ponho todo o correio de publicidade e noto que o saco ficou cheio!
Então, resolvo pôr as facturas sobre a mesa e ir esvaziar o saco dos papéis no lixo.
Mas, então penso; já que a caixa do correio está ao pé do lixo, vou regularizar primeiro as facturas, e farei as duas coisas de uma só vez.
Ponho o meu livro de cheques sobre a mesa e noto que me resta unicamente um cheque.
O meu outro livro de cheques está no escritório, vou lá, vejo sobre a mesa uma lata de Coca-cola e começo a bebê-la.
Vou à procura do livro de cheques, mas, antes, será melhor que retire a lata de Coca não vá entorná-la acidentalmente.
Verifico então que ela começa a ficar morna e, decido pô-la no frigorífico para refrescar.
Então dirijo-me à cozinha com a Coca-cola, e o vaso com as flores salta-me aos olhos: as flores precisam de água!
Pouso a Coca-cola sobre a mesa e descubro os óculos para ler (que procurava desde a manhã).
O melhor será eu pôr os óculos no escritório, mas antes, vou pôr água nas flores.
Ponho os óculos sobre a mesa, encho um jarro de água e, de repente, vejo o comando da televisão.
Alguém o deixou sobre a mesa da cozinha.
Digo, à noite, quando quiser ver a Televisão, vou procurá-lo por todo o lado, e não me vou lembrar que ele está na cozinha.
Decidi então de colocá-lo na sala onde é o seu lugar, mas antes vou pôr água nas flores.
Rego as flores, mas entornei uma certa quantidade no chão.
Então, torno a pôr o comando da televisão sobre a mesa, vou buscar um esfregão e limpo a água que entornei.
De seguida volto à entrada, para me lembrar o que queria fazer.
No fim do dia:
- Não lavei o carro,
- As facturas não foram pagas,
- Há uma Coca-cola morna sobre a mesa da cozinha,
- As flores não têm água suficiente,
- Não tenho o meu novo livro de cheques,
- Não encontro o comando da televisão,
- Não sei onde se encontram os meus óculos
- E não me lembro o que fiz com as chaves do carro.
…E depois não percebo, porque é que não fiz nada durante todo o dia... 
Não parei, e sinto-me todo roto!

Festa de Natal.


Patrícia Gomes - Directora de Recursos Humanos COMUNICADO PARA TODOS OS FUNCIONÁRIOS.
Data: 9 de Novembro
Assunto: Festa de Natal
Tenho o prazer de informar que a festa de Natal da empresa será no dia 23 de Dezembro, com início ao meio-dia, no salão de festas privativo da Churrascaria Grill House. O bar estará aberto com várias opções de bebidas. Teremos uma pequena banda tocando canções tradicionais de Natal...sinta-se à vontade para se juntar ao grupo e cantar! Não se surpreendam se o nosso Vice Presidente aparecer vestido de Pai Natal! A árvore de Natal terá as luzes acesas às 13:00. A troca de presentes de "amigo secreto" pode ser feita em qualquer altura, entretanto, nenhum presente deverá exceder €10,00, a fim de facilitar as escolhas e adequar os gastos a todos os bolsos. Este encontro é exclusivo para funcionários e família. Na ocasião, o nosso Vice Presidente fará um discurso bastante especial. Feliz Natal para todos. Patrícia
-----------------------------------------------------
Patrícia Gomes - Directora de Recursos Humanos COMUNICADO PARA TODOS OS FUNCIONÁRIOS.
Data: 10 de Novembro
Assunto: Festa de Natal
De maneira alguma o memorando de 9 de Novembro sobre a Festa de Natal pretendeu excluir os nossos funcionários judeus! Reconhecemos que o Chanukah é um feriado importante e que costuma coincidir com o Natal, mas isso não acontecerá este ano. Portanto, passaremos a chamá-la "Festa do Fim do Ano" pois teremos em conta também todos os outros funcionários que não são cristãos e aqueles que celebram o Dia da Reconciliação. Não haverá árvore de Natal. Nada de canções de natal nem coral. Teremos outros tipos de música que agrade a todos. Felizes agora? Boas festas para vocês e para as vossas famílias, Patrícia
----------------------------------------------------
Patrícia Gomes - Directora de Recursos Humanos COMUNICADO PARA TODOS OS FUNCIONÁRIOS.
Data: 11 de Novembro
Assunto: Festa de Fim do Ano
Em relação ao bilhete (anónimo) que recebi de um membro dos Alcoólicos Anónimos solicitando uma mesa para pessoas que não bebem álcool... terei todo o prazer em atender o pedido, mas, se eu puser uma placa na mesa a dizer "Exclusivo para os AA", vocês deixarão de ser anónimos, não será?... Como faço então? Quanto à troca de presentes, esqueçam. Não será organizada uma vez que os membros do sindicato acham que 10 euros é muito dinheiro e os executivos acham que 10 euros é muito pouco para um presente. Portanto não será organizada NENHUMA TROCA DE PRESENTES. De acordo? Patrícia
-----------------------------------------
Patrícia Gomes - Directora de Recursos Humanos COMUNICADO PARA TODOS OS FUNCIONÁRIOS.
Data: 14 de Novembro
Assunto:  Festa de Fim do Ano
Mas que grupo heterogéneo o nosso!!! Eu não sabia que no dia 20 de Dezembro começa o mês sagrado do Ramadão para os muçulmanos, que proíbe comer e beber durante as horas do dia. Lá se vai a festa! Agora a sério, entendemos que um almoço nesta época do ano seja um problema para a crença de nossos funcionários muçulmanos..... Talvez a Churrascaria Grill House possa assegurar o serviço de buffet até à noite ou então, embalar tudo para vocês levarem para casa nas marmitas. Que acham? E agora mais novidades: consegui que os membros dos "Vigilantes do Peso" se sentem o mais longe possível do buffet das sobremesas; as mulheres grávidas poderão sentar-se o mais perto possível das casa de banho; os homossexuais podem sentar-se juntos; as mulheres homossexuais não terão que se sentar junto dos homens homossexuais, que terão uma mesa própria, e sim, haverá um arranjo de flores no centro da mesa dos homens homossexuais; teremos assentos mais altos para pessoas baixas; e estará disponível comida com baixas calorias para os que estão de dieta. Nós não podemos controlar a quantidade de sal utilizada na comida, portanto sugerimos que as pessoas com tensão alta provem a comida antes de comerem. E, claro, haverá mesas para fumadores e outras para não fumadores. Esqueci alguma coisa? Patrícia
--------------------------------------
Patrícia Gomes - Directora de Recursos Humanos COMUNICADO PARA TODOS FILHOS DA PUTA QUE TRABALHAM NESTA EMPRESA.
Data: 15 de Novembro
Assunto:  Festa de Fim do Ano da MERDA
Vegetarianos!?!?!??! Sim, vocês também tinham que dar a vossa opinião de merda ou reclamar de alguma coisa!... Nós vamos manter o local da festa na Churrascaria Grill House; quem não gostar que se foda! Não vá, desampare a loja! Ou então, como alternativa, seus fedorentos, podem sentar-se afastados, na mesa mais distante possível da tal "churrasqueira da morte" - como vocês lhe chamam. E terão também a vossa mesa de saladas de merda, incluindo tomates ecológicos da casa do caralho e arroz pegajoso para comer com pauzinhos. Aqueles que, naturalmente, ainda não gostarem, podem enfiar tudo no cu. Mas como vocês devem saber, os tomates também têm sentimentos! Os tomates gritam quando vocês os cortam em fatias. Eu mesma os ouvi gritar! Eu estou a ouvi-los gritar agora! Ah, espero que vocês todos, mas todos, os parvos dos crentes e os cretinos dos ateus, os paneleiros, as fufas, as mariquinhas das prenhas, os estupores dos fumadores e os chatos dos não fumadores, os cobardes dos bêbedos anónimos e os fedorentos dos vegetarianos, todos vocês sem excepção, tenham uma merda de fim de ano! E que guiem bêbados e morram todos, todinhos espatifados e esturricados por aí. Entenderam? Da Vaca, directamente para a puta que os pariu.
-----------------------------------------------------
Silva Lopes - Director de Recursos Humanos INTERINO COMUNICADO PARA TODOS OS FUNCIONÁRIOS
Data: 16 de Novembro
Assunto: Patrícia Gomes e a  Festa de Fim do Ano
Tenho a certeza que falo por todos nós desejando para a Patrícia um rápido restabelecimento para a sua crise de stress e podem estar certos que me encarregarei de lhe enviar as vossas mensagens para o hospital psiquiátrico. Venho comunicar que a direcção decidiu cancelar a Festa de Natal e dar folga remunerada a todos os funcionários na tarde do dia 23 de Dezembro. Boas Festas

As Vantagens da Terceira Idade!

1º - A tua quantidade de neurónios, finalmente, baixou para um nível administrável!
2º - Os teus segredos estão seguros com os teus amigos, porque eles não conseguem lembrar-se deles!
3º - As tuas articulações fazem uma previsão do tempo mais exacta que a do Serviço Nacional de Meteorologia!
4º - Tens amigos que te telefonam às 8 da noite e perguntam: Acordei-te?
5º - Já ninguém pensa que és hipocondríaco; agora sim, tu padeces mesmo, de todas as      doenças!
6º - Já não tens que estudar, agora estudam-te!
7º - As roupas que compras já não passam de moda!
8º - Podes jantar às 6 da tarde e roncar à hora da telenovela!
9º - Podes viver sem sexo, mas não podes viver sem óculos!
10º - Adoras andar informado dos mexericos dos amigos!
11º - Discutes acaloradamente sobre a reforma e os seguros de saúde!
12º - Quando fazes reuniões em tua casa, os teus vizinhos nem notam!
13º - O limite de velocidade deixou de ser um desafio!
14º -Já não te importa esconderes a barriga!
15º -O teu investimento na apólice de despesas  médicas, começa finalmente a valer a pena!
16º - Um arroto ou uma flatulência, têm desculpa!
Não me lembro se já publiquei isto... Mas pelo Sim, pelo Não!

Caloteiro, mas Honesto!

"Prezados Senhores,
Esta é a oitava carta jurídica de cobrança que recebo de V. Exas. ...
Sei que não estou em dia com os meus pagamentos.
Acontece que estou a dever também noutras lojas e todas esperam que eu lhes pague.
Contudo, os meus rendimentos mensais só permitem que eu pague duas prestações no fim de cada mês. As outras, ficam para o mês seguinte.
Estou ciente de que não sou injusto, daquele tipo que prefere pagar esta ou aquela empresa em detrimento das demais. Ocorre o seguinte... Todos os meses, quando recebo o meu salário, escrevo o nome dos meus credores em pequenos pedaços de papel que enrolo e coloco dentro de uma caixinha. Depois, olhando para o outro lado, retiro dois papéis que são os dois "sortudos" que irão receber o meu rico dinheirinho.
Os outros, paciência. Ficam para o mês seguinte.
Mais reafirmo aos senhores, com toda a certeza que a vossa empresa tem vindo a constar, todos os meses, da minha caixinha. Se não os paguei ainda, é porque os senhores têm tido com pouca sorte.
Finalmente, faço-lhes uma advertência:
Se os senhores continuarem com essa mania de me enviarem cartas de cobrança ameaçadoras e insolentes, como a última que recebi, serei obrigado a excluir o nome de V. Exas., dos meus sorteios mensais.
Sem mais,
Obrigado."

Adoro a Simplicidade das Coisas...

Uma das coisas que mais me aborrece é a má língua das pessoas e a tremenda injustiça que cometem sempre ao desprestigiar o funcionalismo público deste país, senão atentem:
9:00 da manhã.
Ainda bem que vim cedo, preciso despachar-me. Assim trato disto e ainda consigo fazer render o resto do dia.
9:10h, devo ter-me enganado, isto provavelmente abre mais tarde do que pensava. Deixa ver o horário ali na porta… 9:00h…
-Bom dia, venho pedir uma declaração de…
-2º andar, 3ª porta.
Simpático o senhor. Gostei especialmente da forma bem disposta com que me respondeu ao “bom dia”.
No elevador há mais duas pessoas. Entro. “Bom dia”! Eu deveria aprender português. É muito aborrecido ver as pessoas olharem para nós sem fazerem a menor ideia do que significa “bom dia”.
3ª porta. Estranho, está fechada. Com toda a certeza a fechadura avariou e a funcionária andará por aí a tentar resolver rapidamente o problema. Ah já está, óptimo.
-Bom dia.
Do lado de lá uma senhora fala ao telemóvel. É de certeza um assunto urgente. Espero que não seja nada de grave. Aguardo. Pronto parece ter terminado o telefonema, agora é só dar tempo para que a senhora guarde o telemóvel na mala, tire a carteira, verifique o comando do ar condicionado, dispa o casaco…
-Bom dia.
-Tem de esperar pela minha colega que trata disso.
Ahh! Gostei muito mais do “bom dia” desta funcionária. Um bom dia dito com uma voz firme soa muito melhor. E acho muito bem que não se meta no trabalho da colega. Não tem nada que saber o que eu ali vou fazer. Ora essa, seria uma tremenda intromissão, incompetência e sabe-se lá mais o quê. A colega já vem. Está só um pouco atrasada. Mas toda a gente tem o direito de estar atrasada. Afinal ainda agora a manhã é uma criança. 9:25!
Pronto chegou.
-Bom dia, venho pedir uma declaração de…
-Essas declarações são no 1º andar.
Exacto. Foi precisamente o que o senhor da recepção disse. Eu tenho uma tremenda mania de não ouvir bem.
1º andar. Guichet da porta em frente ao elevador. Do lado de lá 3 secretárias e uma funcionária em cada uma.
-Bom dia.
Eu tenho mesmo de aprender a língua deste país. Começa a tornar-se incomodo isto.
-Bom dia, venho pedir uma declaração de…
-Um momento.
Quase 10 minutos. Não foi um momento muito longo, ainda bem. A senhora da secretária lá do fundo veio atender-me.
-Essas declarações são nos serviços do… 2º andar última porta.
O recepcionista sempre tinha razão. 2º andar. Muito bem… última porta.
-Bom dia, venho pedir uma declaração de…
-Preencha este impresso.
O “bom dia” desta funcionária é excelente.
-Ah mas para essas declarações não é este. É este. A senhora não explicou que a declaração era para…
-Tem toda a razão, desculpe. Eu não expliquei para que era a declaração. Isso faz a toda a diferença.
Que bom. Gosto de preencher impressos. Treino imenso a minha capacidade de fazer cruzinhas.
-Tem de ir pagar na tesouraria.
A tesouraria fica no 1º andar. Ainda bem. Já tinha saudades de viajar de elevador.
-Bom dia, venho pagar isto.
-Não tenho troco de 10 €.
Olha… nem eu! Mas em compensação não me importo nada de dizer “bom dia” de novo.
-Apresente este recibo e este papel no 2º andar.
2º andar. A senhora simpática que me atendeu? Já não a vejo. As outras duas estão ocupadas a conversar. É assunto importantíssimo, não tenho a menor dúvida porque de vez em quando uma delas abre o saco da Zara que tem na mão e a outra espreita lá para dentro.
-Já paguei, está aqui o recibo e o papel.
-É com a D. X na porta ao fundo do corredor.
Porta ao fundo do corredor. Que chatice tenho duas pessoas à frente. Uma delas demora mais um pouco, tem de perguntar pelos filhos da senhora que a atende, contar que viu a Y o mês passado e que a Y está mais magra e que pintou o cabelo de loiro, que lhe fica muito bem…
-Bom dia, a D. X?
-A D. X hoje não está.
-Mandaram-me apresentar-lhe o recibo…
-Dê cá.
20 minutos. Não demorou muito. Apenas 20 minutos!!!
-Está pronta dia 30 de Janeiro. Tem de apresentar este papel e o CC.
-30 de Janeiro??? Mas isso é mais de 1 mês!!!
- Pois mas agora mete-se o Natal, o Ano Novo, demora mais tempo. Olhe, venha dia 26 talvez já esteja pronto. É melhor telefonar primeiro.
-26 de Janeiro??? 26 de Janeiro??? 26 de Janeiro????
E para que andar telefono???.
Não percebo o ar abismado da Senhora face à minha pergunta, mas decididamente…
Regresso à recepção.
-Bom dia de novo. Quero falar com Z em que andar é?
-Tem marcação?
-Não. Só quero saber o andar.
-Sem marcação não sei se pode. Vou ligar à secretária. O seu nome?
...
-Tem de fazer marcação.
Chega. Pego no telemóvel. 
-Ouve lá em que raio de andar estás tu? 6º andar? Sim estou aqui no R/C ou no 1º andar ou no 2º andar ou o raio que o parta!..
...
-Que fazes aqui?
-Vim pedir esta declaração e... blá blá blá...
Ao telefone: 
-A D. X está aí? Não? Olhe está aí um pedido de declaração que entrou agora em nome de… diga ao P para a passar que eu já aí vou.
-Anda vamos beber um café.
...
2º andar.
-O senhor P já levou para o gabinete do doutor A. António desculpe mas é tanto serviço…
...
6º andar. A secretária.
-Bom dia, desculpe, não sabia que era o António que estava na recepção.
...
No gabinete. Chega uma das senhoras do saco da Zara. 
-Bom dia, aqui está a declaração. Querido António desculpe não o reconheci.
...
Desço o elevador enquanto olho o raio da declaração. No 1º andar entra o senhor P.
-Bom dia meu caro António como está? Porque não se identificou logo quando foi pedir isso?
“Ahh era preciso?
Caminhávamos ambos para a saída. O recepcionista.
-Bom dia Sr. António. Desculpe à pouco, mas não o reconheci.
-Ora não tem importância alguma! Eu também sou Comediante!!! 
11:50h. Bom dia!...

Pessoas Inteligentes!

Conta-se que numa vila do interior um grupo de pessoas divertiam-se com o idiota da aldeia.Um pobre coitado, de pouca inteligência, vivia de pequenos biscates e esmolas. Diariamente chamavam "o idiota" ao bar onde se reuniam e ofereciam-lhe a escolha entre duas notas: Uma "grande" de 5 Euros e outra "menor", de 50 Euros.Ele escolhia sempre a maior e menos valiosa, o que era motivo de risos para todos. Certo dia, um dos membros do grupo chamou-o e perguntou-lhe se ainda não tinha percebido que a nota maior valia menos.
- Eu sei! - respondeu o tolo! Ela vale 10 vezes menos, mas no dia em que eu escolher a outra, a brincadeira acaba e nunca mais ganho nenhuma nota!
Podem tirar-se várias conclusões dessa pequena narrativa.
A primeira: Quem parece idiota, nem sempre é.
A segunda: Quem eram os verdadeiros idiotas da história?
A terceira: Se fores ganancioso, acabas por estragar a tua fonte de rendimento.
A quarta e mais interessante é: A percepção de que podemos estar bem, mesmo quando os outros não têm uma boa opinião a nosso respeito.
Portanto, o que importa não é o que pensam de nós, mas sim, quem realmente somos.
Moral da História...
"O maior prazer de uma pessoa inteligente é fazer-se de idiota, diante de um idiota que julga ser inteligente".

O Amor é Cego!

Quando tinha 14 anos, esperava ter uma namorada algum dia.
Quando tinha 16 anos tive uma namorada, mas não tinha paixão. Então percebi que precisava de uma mulher apaixonada, com vontade de viver.
Na faculdade saí com uma mulher apaixonada, mas era emocional demais. Tudo era terrível, era a rainha dos problemas, chorava o tempo todo e ameaçava suicidar-se. Então percebi que precisava de uma mulher estável.
Quando tinha 25 encontrei uma mulher bem estável, mas chata. Era totalmente previsível e nada a excitava. A vida tornou-se tão monótona, que decidi que precisava de uma mulher excitante.
Aos 28 encontrei uma mulher excitante, mas não consegui acompanhá-la. Ia de um lado para o outro sem se deter em lugar nenhum. Fazia coisas impetuosas, que me fez sentir tão miserável como feliz. No começo foi divertido e electrizante, mas sem futuro. Então decidi buscar uma mulher com alguma ambição.
Quando cheguei nos 31, encontrei uma mulher inteligente, ambiciosa e com os pés no chão. Decidi casar-me com ela. Era tão ambiciosa que pediu o divórcio e ficou com tudo o que eu tinha.
Hoje, com 50 anos, gosto de mulheres com mamas grandes.
É só!

O Galo da Joana...

Pedro Dias foi apanhado dentro do Galo da Joana Vasconcelos!
Foi quando o Galo se Iluminou que se viu a silhueta do homem mais procurado em Portugal (e arredores)...
Ao ser preso, Pedro gritou... GANDA GALO!
(Foto: Pedro antes de entrar no Galo)


Contas... Contas...e mais Contas!


E quando vêem as contas do final do mês, começo sempre a pensar...
Porra! Uma conta destas de gás??? Devem andar a lavar a "piriquita" todos os dias, o sacana do puto ouve rap debaixo de água... A minha sogra lavou-se finalmente?
Depois vejo conta da luz, e começo a pensar (sem ideias fulminantes)... o sacana do puto não dorme a ver filmes pornográficos... (sim, porque na fatura, vem uma parcela para audiovisual), a minha sogra tentou colocar a torradeira na banheira... ou a minha mulher ligou o vibrador à corrente!
Porra! Água, esta conta de água??? Mas julgam que isto é uma Praia Fluvial? Ligaram aqui a mangueira para apagar um incêndio?
Porra! As contas do final do Mês dão cabo de mim!

Desabafo!

Ai de mim se não fosse eu...
Aqui há uns anos pensei, vou mudar de Vida e fazer aquilo que gosto...
E lá larguei um emprego cheio de "Pilim", e dediquei-me ao Humor!
E como já ando nisto há trinta anos, sim, porque toda a gente me dizia a tua vida é isto...
Tu tens muito jeito, tu tens talento... Aquele ao pé de ti, "coitado"!

Depois de ter trabalhado tantos anos na comunicação social, orgulho-me de poder dizer que a minha marca, o meu nome, enfim, aquilo que vocês quiserem chamar, ou seja, o Humorista Gourmet, ter conseguido crescer, sem a ajuda daqueles (alguns), que ajudei  e vi crescer nas rádios e televisões, e que nunca deram apoio a nenhum espetáculo, nunca viram um espetáculo que fiz, e nunca me chamaram para nada!

PORRA! Eles sabem que existo!

PORRA! Acho que mereço uma "pequenina atenção", ao menos deixem-me mostrar o meu valor!

PORRA! Ao menos quando falarem de mim, que seja pelo que viram, e nunca pelo que ouviram dos outros!

PORRA! Eu não frequento o circuito dos bajuladores, não me insiro na nova vaga, não faço parte dos novos talentos... Apenas procuro o meu Espaço, e fundamentalmente, adoro aquilo que faço, adoro o meu público (sim, já tenho algum), e Amo profundamente o Humor!